placeholder+image placeholder+image
...

GlobalG.A.P.


O referencial GLOBALG.A.P. foi desenvolvido pelos principais Grupos de retalhistas europeus, com o objectivo de dar confiança aos consumidores sobre o modo como são obtidos os alimentos, mediante a aplicação de um protocolo de Boas Práticas Agrícolas (em inglês – Good Agricultural Practices – G.A.P.) que os produtores de todo o Mundo podem implementar, para demonstrar o cumprimentos dessas boas práticas.

A certificação GLOBALG.A.P. aplicável à unidade de produção, abrange todo o processo de produção agrícola desde a origem da planta (semente/materiais de propagação) ou desde que o animal entra na exploração, até ao produto final não processado.

Vantagens da certificação GLOBALG.A.P. para os produtores:
- Assegura o acesso aos mercados nacionais e internacionais;
- Transmite confiança aos consumidores e clientes;
- Facilita o cumprimento da legislação de referência;
- Reduz os riscos de Segurança Alimentar na exploração;
- Reduz os custos relacionados com certificações, uma vez que é reconhecida mundialmente.

A Certificação GLOBALG.A.P. é hoje um passaporte para exportar e abrir portas paro os seus produtos a nível mundial.

A CODIMACO está acreditada para a certificação GlobalG.A.P. IFA Frutas e Legumes V4.

Para mais informações consulte o Guia de Certificação GLOBALG.A.P.

Pode ainda encontrar informações complementares no site do GlobalG.A.P.

-

Maçã de Alcobaça – IGP


MAÇÃ DE ALCOBAÇA é a denominação da maçã qualificada como IGP - Indicação Geográfica Protegida, de diversas variedades produzidas na área geográfica especifica. Foi qualificada pela União Europeia e pelo Ministério da Agricultura em 1994, nos termos do Regulamento CEE nº 2081/92. Estas entidades reconhecem que as maçãs produzidas nesta região possuem características distintas, influenciadas pelas condições ímpares, daquela região, para a produção de maçãs de elevada qualidade.
A Entidade gestora da Indicação Geográfica é APMA – Associação de Produtores de Maçã de Alcobaça.

A Maçã de Alcobaça é um produto nacional, produzido nos concelhos do litoral Oeste, obtida em Protecção ou Modo de Produção Integrada e cujos requisitos, em termos de segurança alimentar, são controlados, pela CODIMACO, de modo a garantir a qualidade deste produto, a salvaguardar a saúde humana e a qualidade do meio ambiente.
Esta certificação garante que os produtos em causa foram produzidos na região indicada e que as suas características, qualidade e processos de produção estão de acordo com as tradições que os tornaram especialmente conhecidos e apreciados.

Actualmente e após processo de alargamento a área geográfica abrange para além dos iniciais concelhos de Alcobaça, Nazaré, Óbidos, Caldas das Rainha e Porto de Mós, também os concelhos da Batalha, Bombarral, Cadaval, Leiria, Lourinhã, Marinha Grande, Peniche, Rio Maior e Torres Vedras.

A CODIMACO está acreditada pelo IPAC para certificar a Maçã de Alcobaça – IGP, caso esteja interessado em ter a sua maçã certificada contacte-nos.


Para mais informações consulte o Guia de Certificação da Maçã de Alcobaça – IGP, pressionando o botão abaixo

Modo de Produção Biológico


A produção biológica é um sistema de produção que se baseia em vários princípios e práticas de gestão, desenvolvidas para minimizar o impacto das actividades humanas no ambiente, mas ao mesmo tempo garantir que se obtêm produtos de qualidade o mais naturalmente possível.

A Agricultura biológica distingue-se pelo uso de técnicas de cariz agro-ambiental, tais como:
- Rotações de culturas longas e diversificadas e quando possível cultivadas em consociação;
- Uso de recursos da exploração, tais como fertilizantes orgânicos à base de estrumes, matérias orgânicas
compostadas, bem como variedades/raças bem adaptadas às condições locais;
- Proibição de uso de fertilizantes, fitofármacos sintéticos e antibióticos;
- Manutenção de sebes, vegetação natural, e sementeira de culturas para adubação em verde;
- Criação de animais em regime extensivo, com acesso a áreas exteriores abertas, com alimentos de origem biológica.

A Produção Biológica é aplicável à cadeia de fornecimento de produtos alimentares, que inclui a industria alimentar, distribuição e lojas. O processo de certificação para além de incluir essas unidades, nomeadamente adegas e outras indústrias, pode ainda se estender a importadores de produtos oriundos de países exteriores à UE com certificações equivalentes.

A Agricultura Biológica na UE é regulada pelo Reg. 834/2007 e Reg. 889/2008 (e respectivas modificações).

Os agricultores biológicos podem solicitar ajudas a este modo de produção, através de medidas específicas do PDR 2020 – Medidas 7.1.1 e 7.1.2.

Apenas quem estiver certificado por um organismo de certificação acreditado, pode rotular e publicitar os seus produtos como de Produção Biológica.

A CODIMACO encontra-se acreditada segundo a NP EN ISO/IEC 17065 para o Modo de Produção Biológico pelo IPAC, sendo identificado para este modo de produção com o código: PT-BIO-08.
Para mais informações consulte o Guia de Certificação do Modo de Produção Biológico, pressionando o botão abaixo.


Modo de Produção Integrada


A Produção Integrada é um sistema de produção agrícola, em que são aplicadas Boas Práticas Agrícolas, privilegiando a utilização dos mecanismos de regulação natural em substituição dos factores de produção que possam prejudicar o ambiente, contribuindo, deste modo, para uma agricultura mais sustentável.
Para se conseguir aplicar correctamente as Boas Práticas Agrícolas é necessário um planeamento abrangente de toda a exploração, pelo que terão de ser feitas análises periódicas às áreas de cultivo, e acompanhar regularmente o desenvolvimento das culturas e animais, bem como registar toda as actividades agrícolas em cadernos de campo.

Objectivos da produção integrada

A Produção Integrada tem por base os seguintes princípios:
a) Regulação do ecossistema, bem-estar dos animais e preservação dos recursos naturais;
b) Gestão da exploração agrícola no seu conjunto;
c) Equilíbrio do ciclo dos nutrientes, reduzindo as perdas ao mínimo;
d) Preservação e melhoria da fertilidade do solo e biodiversidade;
e) Protecção das plantas tendo obrigatoriamente por base os objectivos e as orientações da Protecção Integrada;
f) Contribuir para a salvaguarda da saúde do produtor e do consumidor;
g) Minimização de alguns dos efeitos secundários decorrentes das actividades agrícolas.

Os agricultores que produzam em Modo de Produção Integrada podem solicitar ajudas a este modo de produção, através de medida específica do PDR 2020 – Acção 7.2 (Produção Integrada). Apenas quem estiver certificado por um organismo de certificação acreditado, pode candidatar-se a estas Ajudas e rotular e publicitar os seus produtos como sendo de Produção Integrada.

A CODIMACO está acreditada pelo IPAC para certificar produção vegetal, animal e produtos transformados segundo as regras do Modo de Produção Integrada.

Para mais informações consulte o Guia de Certificação do Modo de Produção Integrada, pressionando o botão abaixo.

Pêra Rocha do Oeste - DOP


A Pêra Rocha do Oeste é a denominação da pêra qualificada como DOP – Denominação de Origem Protegida. Foi qualificada pela União Europeia e pelo Ministério da Agricultura em 2003, nos termos do Regulamento CE n.º 492/2003 da Comissão. Estas entidades reconhecem que a pêra rocha produzida nesta região possui características distintas, influenciadas pelas condições ímpares, para a produção de pêra de elevada qualidade.
O agrupamento de produtores responsável pela gestão da Denominação de Origem é a ANP - Associação de Produtores de Pêra Rocha.

A Pêra Rocha uma variedade portuguesa obtida casualmente de semente há cerca de 150 anos. Esta pera tem epiderme amarela-clara, polpa branca, macia-fundente, granulosa, doce, não ácida, muito sucosa e perfume ligeiramente acentuado.
Os factores edafo-climáticos e a mestria das gentes do Oeste são condições determinantes para a obtenção deste produto com qualidades organolépticas excepcionais, apreciadas e reconhecidas mundialmente.
A CODIMACO está acreditada pelo IPAC para certificar a Pêra Rocha do Oeste – DOP, caso esteja interessado em ter a sua pêra certificada contacte-nos.

A área geográfica da Pera Rocha do Oeste – DOP abrange a designada Região Oeste.


Para mais informações consulte o Guia de Certificação da Pêra Rocha do Oeste – DOP, pressionando o botão abaixo


Queijo Rabaçal - DOP


O Queijo Rabaçal é a denominação do queijo qualificado como DOP – Denominação de Origem Protegida. Foi qualificado pela União Europeia e pelo Ministério da Agricultura.

O Queijo Rabaçal é um queijo curado, de pasta semi-dura a dura, com poucos ou nenhuns olhos, pequenos e irregulares disseminados na massa, branca – mate, obtido por esgotamento lento da coalhada, após a coagulação da mistura de leites crus de ovelha e cabra, por acção do coalho animal.

O Queijo Rabaçal – DOP tem de ser produzido na região, cuja área de produção (produção do leite, fabrico e maturação do queijo) está circunscrita a algumas freguesias dos concelhos de Condeixa – a – Nova, Penela, Soure, Alvaiázere, Ansião e Pombal.
A entidade gestora da Denominação de Origem Protegida - Queijo Rabaçal é a APRORABAÇAL – Agrupamento de produtores de Leite de Ovelha e cabra e do Queijo Rabaçal – DOP.

A CODIMACO avalia as condições de produção desde os rebanhos, incluindo a ordenha, fabrico e produto final (queijo pronto a comercializar) incluindo ainda os pontos de venda.

Se pretender certificar o seu queijo como Queijo Rabaçal contacte-nos.


Apresentação


A CODIMACO é uma empresa portuguesa que certifica produtos agro-alimentares desde 1993. Desde esse ano somos eleitos parceiros por um crescente número de produtores agrícolas e industrias alimentares.
Asseguramos o cumprimento de referenciais normativos nacionais e internacionais, bem como requisitos de mercado e de várias cadeias de retalhistas.
A CODIMACO assegura a Auditoria de BRC Global Standard – Food, IFS – International Food Standard e TESCO Nurture, bem como a avaliação e certificação de:

Pêra Rocha do Oeste -DOP;
Maçã de Alcobaça -IGP;
Mel da Serra da Lousã – DOP;
Queijo Rabaçal – DOP;
Ginja de Óbidos e Alcobaça - IG
Produtos Agrícolas obtidos em Protecção Integrada;
Modo de Produção Integrada;
GLOBALG.A.P – Boas Práticas Agrícolas;
Modo de Produção BIOLÓGICO;
Protocolos Privados:
Clube de Produtores Continente
Vida Auchan – Qualidade Sustentável

A CODIMACO encontra-se acreditada segundo a NP EN ISO/IEC 17065 pelo IPAC - Instituto Português de Acreditação, identificado com código de Organismo de Certificação - C 0021.
A CODIMACO é reconhecida pelo Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.






Política da Qualidade


A Política da Qualidade da CODIMACO baseia-se na procura permanente de melhoria da qualidade dos serviços prestados, de forma a ir de encontro à satisfação do consumidor e do cliente.

Visão

Consolidar-se como organismo de avaliação e certificação e tornar-se uma referência nacional nesta área de actividade.

Missão

Avaliar e certificar produtos agrícolas e alimentares, de modo a promover a preservação do meio ambiente, a melhoria das relações comerciais e a oferta ao consumidor de produtos seguros e de qualidade.

Valores

Competência, independência, imparcialidade, integridade, rigor, isenção e estrita confidencialidade. Estes valores são postos em prática aplicando os procedimentos de avaliação e certificação de modo uniforme, de forma a garantir a conformidade do produto e um tratamento objectivo e imparcial a todos os clientes.

download Guia de Certificação

Departamento de Certificação


RESPONSABILIDADES

Avaliar as condições iniciais dos requerentes;
Analisar os relatórios de auditorias e de acções de controlo;
Elaborar pareceres sobre os resultados das acções de controlos e auditorias externas;
Solicitar planos de acções correctivas dos operadores;
Solicitar pareceres à Comissão Consultiva;
Deliberar sobre a atribuição e renovação de certificados;
Emitir certificados;
Elaborar o regulamento de aplicação de sanções;
Deliberar sobre aplicação de sanções;

Departamento de Avaliação


O Departamento de Avaliação é responsável pela informação recolhida durante as acções de avaliação e auditorias. Compete-lhe também analisar e avaliar os planos de acções correctivas dos operadores.

  As acções de Avaliação e Auditorias compreendem: visitas aos locais de produção e unidades de preparação, execução de questionários, observação da realização de tarefas, para além da recolha de documentos e amostras de outros materiais.

As acções de Avaliação e auditorias, aleatoriamente, prevêem a colheita de amostras para análise quantitativa e qualitativa de solo, água, material vegetal, frutos, e produtos transformados. A recolha de amostras pode ter lugar nas explorações agrícolas, unidades de preparação e locais de venda. A CODIMACO recorre, para o efeito, à subcontratação de laboratórios acreditados segundo a norma NP EN ISO/IEC 17 025.


Pedido Preliminar de Orçamento GlobalG.A.P.

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Pedido Preliminar de Orçamento Maçã de Alcobaça

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Pedido Preliminar de Orçamento Modo Produção Biológico

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Pedido Preliminar de Orçamento Modo de Produção Integrada

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Pedido Preliminar de Orçamento Pêra Rocha do Oeste

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Pedido Preliminar de Orçamento Queijo Rabaçal

Regra geral e mediante disponibilidade dos nossos técnicos, terá o seu pedido em 48 horas (dias úteis). Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

the link


A política de expansão da CODIMACO, obriga a que estejamos sempre a recrutar novos elementos para juntar à nossa equipa e colaborar connosco.

Se tiver formação adequada, um perfil dinâmico e ambicioso, envie-nos o seu CV.